São todos os homens... Filhos de Deus?

São todos os homens… Filhos de Deus?

Por Sidnei Osvaldo Ferreira


São todos os homens… Filhos de Deus? São todos os homens… Filhos de Deus?

INTRODUÇÃO:

Comumente nos deparamos com asseverações humanistas que alegam que todos os homens independentes dos seus credos e crenças são filhos de Deus. Será realmente? Sinceramente não encontramos em nenhum lugar das escrituras sagradas qualquer indicio que ampare ou respalde tais deduções. Na verdade, a bíblia nos revela enfaticamente que Jesus Cristo é o unigênito do pai, ou seja, o único filho de Deus.

E quanto aos homens, o que realmente são perante Deus? Convém ressaltar que são criaturas mui especiais entre toda a criação, pois são os únicos seres que podem vir a desfrutarem da filiação divina, por meio do processo legal da adoção em Cristo Jesus.

A adoção é o meio pelo qual Deus nos legitima genuinamente seus filhos, e tal dádiva somente tornou-se possível devido ao fato de Cristo ter sido enviado ao mundo para se tornar o primogênito entre muitos irmãos – (Rm 8.29). Assim sendo, em consonância com a vontade divina o próprio Jesus não se envergonha de ser chamado nosso irmão – (Hb 2.11). Pois somente através d’Ele, podemos nos tornar verdadeiramente filhos de Deus (Jo 1.12).

A despeito desse maravilhoso fato, descreveu o celebre pensador cristão C. S. Lewis. “O Filho de Deus tornou-se homem para possibilitar que os homens se tornem filhos de Deus”.

Acompanhe com atenção um estudo sobre a adoção divina que visa tão somente esclarecer com deveras seriedade as dúvidas existentes sobre tal assunto.

FILHOS POR ADOÇÃO

TEXTO BÁSICO:

“E nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito de sua vontade”. (Ef 1.5).


      I.        A REALIDADE HUMANA SEM A ADOÇÃO DIVINA EM JESUS:

  1. SÃO CONHECIDOS COMO FILHOS DA CARNE:
  •  “Isto é, não são os filhos da carne que são filhos de Deus, mas os filhos da promessa são contados como descendência”. (Rm 9:8).
  1. SÃO CONHECIDOS COMO FILHOS DO MUNDO:
  •  “… porque os filhos deste mundo são mais prudentes na sua geração do que os filhos da luz”. (Lc 16:8b).
  1. SÃO CONHECIDOS COMO FILHOS DA DESOBEDIÊNCIA:
  • “Ninguém vos engane com palavras vãs; porque por estas coisas vem à ira de Deus sobre os filhos da desobediência”. (Ef 5:6).
  • “Em que noutro tempo andastes segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que agora opera nos filhos da desobediência”. (Ef 2:2).
  • “Pelas quais coisas vêm à ira de Deus sobre os filhos da desobediência”. (Cl 3:6).
  1. SÃO CONHECIDOS COMO FILHOS DA PERDIÇÃO:
  •  “… Tenho guardado aqueles que tu me deste, e nenhum deles se perdeu, senão o filho da perdição, para que a Escritura se cumprisse”. (Jo 17:12).
  1. SÃO CONHECIDOS COMO FILHOS DA IRA:
  •  “Entre os quais todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como os outros também”. (Ef 2:3).
  1. SÃO CONHECIDOS COMO FILHOS DO DIABO:
  •  “Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai…”. (Jo 8:44).
  • “Nisto são manifestos os filhos de Deus, e os filhos do diabo. Qualquer que não pratica a justiça, e não ama a seu irmão, não é de Deus”. (I Jo 3:10).
  1. SÃO CONHECIDOS COMO FILHOS DE ISRAEL:
  • “E converterá muitos dos filhos de Israel ao Senhor seu Deus”. (Lc 1:16).

    II.        A REALIDADE HUMANA COM A ADOÇÃO DIVINA EM JESUS:

  1. TORNAM-SE FILHOS DE DEUS MEDIANTE O PODER DIVINO.
  •  “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que Crêem no seu nome”. (Jo 1:12).
  1. TORNAM-SE FILHOS DE DEUS MEDIANTE O AMOR DIVINO:
  • “Vede quão grande amor nos tem concedido o Pai, que fôssemos chamados filhos de Deus. Por isso o mundo não nos conhece; porque não o conhece a ele”. (I Jo 3.1).
  1. TORNAM-SE FILHOS DE DEUS MEDIANTE A FÉ EM CRISTO:
  •  “Porque todos sois filhos de Deus pela fé em Cristo Jesus”. (Gl 3:26).
  1. TORNAM-SE FILHOS DE DEUS MEDIANTE A ADOÇÃO:
  •  “Para remir os que estavam debaixo da lei, a fim de recebermos a adoção de filhos”. (Gl 4:5).
  1. TORNAM-SE FILHOS DE DEUS MEDIANTE A TESTIFICAÇÃO DO ESPÍRITO:
  •  “O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus”. (Rm 8:16).

   III.        BENEFÍCIOS DOS FILHOS DE DEUS POR MEIO DA ADOÇÃO:

  1. RECEBEM O ESPÍRITO DE ADOÇÃO –  “ABA, PAI”:
  •  “… mas recebestes o Espírito de adoção de filhos, pelo qual clamamos: Aba, Pai”. (Rm 8:15).
  • “E, porque sois filhos, Deus enviou aos vossos corações o Espírito de seu Filho, que clama: Aba, Pai”. (Gl 4:6).
  1. RECEBEM A HERANÇA DE FILHOS COM CRISTO:
  •  “E, se nós somos filhos, somos logo herdeiros também, herdeiros de Deus, e co-herdeiros de Cristo”. (Rm 8:17).
  • Assim que já não és mais servo, mas filho; e, se és filho, és também herdeiro de Deus por Cristo. (Gl 4:7).
  1. RECEBEM A CONFIRMAÇÃO DA FIFLIAÇÃO DIVINA:
  • “Amados, agora somos filhos de Deus…” (I Jo 3:2-3).
  1. RECEBEM A LIBERDADE DE GLORIA:
  • “Na esperança de que também a mesma criatura será libertada da servidão da corrupção, para a liberdade da glória dos filhos de Deus”. (Rm 8:21). 

  IV.        OS DEVERES DOS FILHOS DE DEUS POR MEIO DA ADOÇÃO:

  1.  DEVERÃO SER GUIADOS POR DEUS:
  •  “Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus”. (Rm 8:14).
  1. DEVERÃO VIVER DE MANEIRA IRREPREENSÍVEL E SINCERA:
  • “Para que vos torneis irrepreensíveis e sinceros filhos de Deus…”. (Fp 2.15).
  1. DEVERÃO PRATICAR A JUSTIÇA:
  • “Nisto são manifestos os filhos de Deus, e os filhos do diabo. Qualquer que não pratica a justiça, e não ama a seu irmão, não é de Deus”. (1 Jo 3:10).
  1. DEVERÃO AMAR SEUS IRMÃOS:
  • “Nisto são manifestos os filhos de Deus, e os filhos do diabo. Qualquer que não pratica a justiça, e não ama a seu irmão, não é de Deus”. (1 Jo 3:10).
  1. DEVERÃO IMITAR A DEUS:
  • “Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados”. (Ef 5:1).

CONCLUSÃO:

A revelação bíblica sobre a adoção divina revela a humanidade o surpreendente amor de Deus por suas “criaturas humanas”, ao ponto de enviar seu unigênito ao mundo para que pudéssemos obter:

  • Vida: “Nisto se manifesta o amor de Deus para conosco: que Deus enviou seu Filho unigênito ao mundo, para que por ele vivamos”. (I Jo 4.9).
  • Vida eterna: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”. (Jo 3.16).

Somente através de Cristo Jesus nos tornamos genuinamente parte da família de Deus:

“Assim que já não sois estrangeiros, nem forasteiros, mas concidadãos dos santos, e da família de Deus”. (Efésios 2.19).

* As opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores
e não refletem, necessariamente, a opinião do Gospel Prime.




Autor(a)

Sidnei Osvaldo Ferreira

Sidnei Osvaldo Ferreira (+ artigos)

Pastor presidente da Igreja Batista Evangelizadora, em Paulo Afonso - BA. Formação acadêmica: Teologia, Filosofia e Administração. Casado com a nutricionista Vanessa Cristina e pai de Sidnei Gabriel e Sarah Cristina. Contato virtual: www.facebook.com/pr.sidneyferreira