Início » Estudos Bíblicos » Lar cristão: Pais saudáveis, filhos saudáveis

Lar cristão: Pais saudáveis, filhos saudáveis

Por Claudio Santos


“Os diáconos sejam maridos de uma só mulher,

e governem bem a seus filhos e suas próprias casas. (1 Timóteo 3:12).

Há uma diversidade de estudos sobre a família. Também há muitas matérias e disciplinas acerca dos princípios espirituais para uma vida de vitória familiar. Artigos não faltam para o nosso conhecimento. Isso é ótimo!
Por isso, neste pequeno artigo sobre família, devido a várias solicitações de aconselhamento que tenho recebido de alguns irmãos em conversas pessoais ou eletrônicas, por experiências, dissertarei aqui sobre algo muito PRÁTICO e absolutamente importante para um lar cristão; um legado para casais: a saúde financeira da família. Para leitores de outras culturas, por favor considerem que o texto trata do estilo de vida de uma cultura ocidental.

Muitos lares são destruídos por transgredirem a lei das finanças na família. Maridos desorientados, ainda como meninos, negociam, compram e vendem sem priorizar a sua própria casa e as necessidades básicas de suas esposas e filhos.
O marido é o cabeça da família e, é por isso mesmo que é a ele que o SENHOR vai ensinar e dele que o SENHOR cobrará a obediência da casa à todas as leis espirituais estabelecidas por Deus. O marido é o responsável pela direção ou destruição de sua família (I Tim. 3:2). A esposa é responsável pela edificação ou destruição de sua casa (Pv. 14:1). Ao receber de Deus a ordem de governar a casa não cria também no homem a imagem de um cristão arrogante para com seus filhos nem a impostação “machista” para com a sua mulher.

O governo de uma casa deve ser de acordo com a Palavra de Deus. Governo é direção, não “ditadura”. O marido deve viver em santidade, e isso não é “bicho de sete cabeças”. Santidade é não amar o mundo, nem as coisas que há no mundo. Ser santo é SEPARAR-SE do mundo para CASAR-SE com Deus.
“Que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano;” (Efésios 4:22).
O velho homem quer viver na vaidade de seus pensamentos. Gastando o dinheiro da família consigo mesmo e/ou com seus amigos de boas piadas e maus conselhos. Mas, você, marido, nasceu de novo e portanto vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade. (Efésios 4:24).

Não coloque EM RISCO a saúde FINANCEIRA de sua família. Sobre isso, deixo aqui algumas boas dicas para o homem da casa:

MARIDO

1 invista primeiramente na saúde, vestuário, alimentação e educação de seus filhos, e esposa, tão somente depois disso, pense em compras ou doações a terceiros;
2) Na hora de qualquer compra, reflita sobre os benefícios do produto para a FAMÍLIA;
3) Se for supérfluo, desapegue; não é necessário;
4) Lembre-se: quando você era solteiro empreendia as suas finanças para si, mas agora você casou, tem uma família com casa, esposa e filhos. A sua renda é, portanto da família;
5) Caso, você esteja fazendo as coisas certas, porém ainda assim, o saldo é sempre vermelho, considere refazer cálculos, abrindo mão de despesas que não são fixas. (fixas são as contas básicas, não podem ser excluidas, mas podem ser minimizadas). As contas não fixas, podem ser retiradas do orçamento familiar;
6) Refeito os cálculos, e as coisas ainda continuarem no vermelho, reconsidere avaliar o estilo de vida financeira da família, adptando-as à realidade; como trocar o carro para um outro de menor valor, por exemplo.
7) Reconsidere aperfeiçoar seus dotes profissionais. Certamente que o mercado pode oferecer uma renda melhor para o trabalhador que está mais aprimorado no contexto profissional que as empresas exigem.
8) E, reconsidere também, voltar a ter um emprego, caso você tenha decidido (fora de tempo) a viver somente do ministério pastoral;
9) Para você que está concertando as coisas, mas estava muito endividado, não se turbe o seu coração! Tem jeito. Busque quitar primeiramente a conta com pessoas físicas, caso existam. Geralmente você emprestou de parentes ou amigos. As pessoas físicas são mais flexíveis que as pessoas jurídicas.
10) Depois de haver quitado com as pessoas físicas, procure acertar as dívidas com as pessoas jurídicas, como lojas, órgãos financeiros ou bancos. caso existam. As Instituições financeiras costumam diminuir e até excluir os juros quando há lances à vista para a quitação de empréstimos.
11) Repactue o contrato com o banco, caso não seja possível efetuar o lance à vista.
12) E, por último, se você tem que fazer alguma coisa, FAÇA LOGO O QUE VOCÊ TEM QUE FAZER HOMEM DE DEUS!! Deixar de ser transparente com a esposa é um ato de infidelidade conjugal.

“Prepara de fora a tua obra, e aparelha-a no campo,
e então edifica a tua casa. (Pv. 24:27)

às ESPOSAS

1) Colaborem e auxiliem não só nas atividades domésticas, nem tão somente na espiritualidade, mas (COM SABEDORIA) assessorem nessa outra MISSÃO do marido. Submissão é uma assessoria a uma missão. Não se sinta ‘humilhada” por conta desse princípio de Deus. Nele habita a sabedoria. Somos ESPÍRITO, Mas somos também CORPO E ALMA. Não deixe seu esposo sentir tanto peso nos ombros. Participe dessa missão. É um trabalho de equipe.

“Que farei, pois? Orarei com o espírito, mas também orarei com o entendimento; cantarei com o espírito, mas também cantarei com o entendimento”. (1 Coríntios 14:15).

Geralmente, tenho visto que, até as esposas cristãs resistem a agir como submissas ao marido. Isso porque o mundo tem pregado a igualdade de gêneros. Esse movimento social discurssivo, apologético e demagogo, não exclui a liderança e autoridade bíblica e espiritual do marido sobre esposa e filhos. Se você trabalha e pode ajudar com as finanças, não se negue a fazê-lo. Não ser transparente com o esposo é um ato de infielidade conjugal. Isso é puro e agradável ao olhos do SENHOR.

“sejam moderadas, castas, boas donas de casa, sujeitas a seus maridos, a fim de que a palavra de Deus não seja blasfemada”. (Tito 2:5).

Concluo com uma profunda reflexão para o casal cristão. Isso não vem de mim vem da Palavra de Deus:

” Rogo-vos, pois, eu, o preso do Senhor, que andeis como é digno da vocação com que fostes chamados,
Com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor,
Procurando guardar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz.
Há um só corpo e um só Espírito, como também fostes chamados em uma só esperança da vossa vocação;
Um só Senhor, uma só fé, um só batismo;
Um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, e por todos e em todos vós.
Mas a graça foi dada a cada um de nós segundo a medida do dom de Cristo.
Por isso diz: Subindo ao alto, levou cativo o cativeiro, E deu dons aos homens.
Ora, isto-ele subiu-que é, senão que também antes tinha descido às partes mais baixas da terra?
Aquele que desceu é também o mesmo que subiu acima de todos os céus, para cumprir todas as coisas.
E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores,
Querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo;
Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo,
Para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente.
Antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo,
Do qual todo o corpo, bem ajustado, e ligado pelo auxílio de todas as juntas, segundo a justa operação de cada parte, faz o aumento do corpo, para sua edificação em amor.
E digo isto, e testifico no Senhor, para que não andeis mais como andam também os outros gentios, na vaidade da sua mente.
Entenebrecidos no entendimento, separados da vida de Deus pela ignorância que há neles, pela dureza do seu coração;
Os quais, havendo perdido todo o sentimento, se entregaram à dissolução, para com avidez cometerem toda a impureza.
Mas vós não aprendestes assim a Cristo,
Se é que o tendes ouvido, e nele fostes ensinados, como está a verdade em Jesus;
Que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano;
E vos renoveis no espírito da vossa mente;
E vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade.
Por isso deixai a mentira, e falai a verdade cada um com o seu próximo; porque somos membros uns dos outros.
Irai-vos, e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira.
Não deis lugar ao diabo.
Aquele que furtava, não furte mais; antes trabalhe, fazendo com as mãos o que é bom, para que tenha o que repartir com o que tiver necessidade.
Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem.
E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual estais selados para o dia da redenção.
Toda a amargura, e ira, e cólera, e gritaria, e blasfêmia e toda a malícia sejam tiradas dentre vós,
Antes sede uns para com os outros benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo.
Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados;
E andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave.
Mas a prostituição, e toda a impureza ou avareza, nem ainda se nomeie entre vós, como convém a santos;
Nem torpezas, nem parvoíces, nem chocarrices, que não convêm; mas antes, ações de graças.
Porque bem sabeis isto: que nenhum devasso, ou impuro, ou avarento, o qual é idólatra, tem herança no reino de Cristo e de Deus.
Ninguém vos engane com palavras vãs; porque por estas coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência.
Portanto, não sejais seus companheiros.
Porque noutro tempo éreis trevas, mas agora sois luz no Senhor; andai como filhos da luz
(Porque o fruto do Espírito está em toda a bondade, e justiça e verdade);
Aprovando o que é agradável ao Senhor.
E não comuniqueis com as obras infrutuosas das trevas, mas antes condenai-as.
Porque o que eles fazem em oculto até dizê-lo é torpe.
Mas todas estas coisas se manifestam, sendo condenadas pela luz, porque a luz tudo manifesta.
Por isso diz: Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá.
Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, mas como sábios,
Remindo o tempo; porquanto os dias são maus.
Por isso não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor.
E não vos embriagueis com vinho, em que há contenda, mas enchei-vos do Espírito;
Falando entre vós em salmos, e hinos, e cânticos espirituais; cantando e salmodiando ao Senhor no vosso coração;
Dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo;
Sujeitando-vos uns aos outros no temor de Deus.
Vós, mulheres, sujeitai-vos a vossos maridos, como ao Senhor;
Porque o marido é a cabeça da mulher, como também Cristo é a cabeça da igreja, sendo ele próprio o salvador do corpo.
De sorte que, assim como a igreja está sujeita a Cristo, assim também as mulheres sejam em tudo sujeitas a seus maridos.
Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela,
Para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra,
Para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível.
Assim devem os maridos amar as suas próprias mulheres, como a seus próprios corpos. Quem ama a sua mulher, ama-se a si mesmo.
Porque nunca ninguém odiou a sua própria carne; antes a alimenta e sustenta, como também o Senhor à igreja;
Porque somos membros do seu corpo, da sua carne, e dos seus ossos.
Por isso deixará o homem seu pai e sua mãe, e se unirá a sua mulher; e serão dois numa carne.
Grande é este mistério; digo-o, porém, a respeito de Cristo e da igreja.
Assim também vós, cada um em particular, ame a sua própria mulher como a si mesmo, e a mulher reverencie o marido”.
Efésios Capítulo 4

CASAIS

Lembrem-se de duas coisas:
1) Só no céu tudo será PERFEITO. Perdoem-se. Vocês são filhos do mesmo PAI. “Onde abundou o pecado, superabundou a graça de Cristo” (Rm 5:20).
2) no reino de Cristo não existe a Palavra “EU”. Família é “NÓS NA FITA”, OK? Enfim, quando os pais vivem saudáveis, seus filhos refletirão tal saúde!… Bom, quem sabe numa próxima escrevo sobre os filhos?…

Espero ter ajudado. Ao escrever, eu também me ajudei com a ajuda do Espírito Santo.
Obrigado por enviarem emails sobre os textos. Continuem enviando. Leio e respondo com o maior prazer. Sou servo (de verdade) de vocês.

Até uma próxima.
[email protected]
twitter:@MinisterioAdore
Nascidos para amar, prontos para servir!

* As opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores
e não refletem, necessariamente, a opinião do Gospel Prime.


Autor(a)

Claudio Santos

Claudio Santos

Líder fundador do Ministério Adore Days no Brasil. Com 32 anos de vida cristã, Claudinho, além de pastor, é músico e conferencista. Claudinho também é coordenador e voluntário das Missões Adore na Amazônia. É casado, pai de duas lindas princesas.

+ Artigos - Twitter - facebook - blog