Início » Sermões » No princípio criou Deus

No princípio criou Deus

Sermão Consolador sobre: "No princípio criou Deus"


A primeira verdade revelada por Deus ao homem foi declarar sua existência e sua obra criadora. Deus existe e ele é o criador. Esse fato reprova algumas posições muito comuns defendidas hoje:

Em primeiro lugar, reprova o ateísmo. A negação da existência de Deus esbarra-se nessa realidade insofismável de que Deus existe e ele é a origem causadora de todas as coisas. Tudo veio a existir por sua vontade livre e soberana.

Em segundo lugar, reprova o agnosticismo. A negação da possibilidade de se conhecer a Deus está em aberta oposição ao fato de que Deus se revelou através da natureza, da consciência, da Palavra e de Jesus Cristo.

Em terceiro lugar, reprova o panteísmo. A idéia de que Deus é apenas imanente e não transcendente e que ele se confunde com a própria obra criada está em total desacordo com as Escrituras. Deus é distinto da criação. Ele está acima e além de tudo que foi criado.

Em quarto lugar, reprova o deísmo. A teoriade que Deus criou todas as coisas, estabelecendo leis que as governam e depois as deixou trabalhar sozinhas sem nenhuma intervenção está em total descompasso com a providência divina. Deus não é apenas transcendente, mas também imanente. Ele está presente na obra da criação e interfere nela segundo o seu soberano beneplácito.

Sempre houve tentativas para negar essa verdade primeira das Escrituras. O martelo dos céticos tem surrado a bigorna da verdade. Em vez de destruí-la, porém, a bigorna de Deus é que tem quebrado o martelo dos céticos. Teorias e mais teorias se levantam e erguem sua voz cheia de empáfia contra as Escrituras. Elas passam e se cobrem de poeira, passam e se cobrem de poeira, mas a Palavra de Deus permanece para sempre. Alistamos aqui, algumas evidências da obra criadora de Deus:

Em primeiro lugar, o caos não pode produzir o cosmos. A teoria da evolução é um amontoado de conjecturas e suposições que não se fundamentam na verdade. Os evolucionistas não têm as provas e alardeiam suas hipóteses como se fossem fatos inequívocos. O livro de Charles Darwin, A Origem das Espécies publicado em Londres em 1859, contém nada menos que oitocentos verbos no futuro do subjuntivo: “suponhamos”. Uma suposição não é uma prova. A teoria de que uma explosão produziu o universo com suas leis e ordem é uma hipótese não só improvável, mas atentatória contra a razão. Seria mais fácil crer que milhões de palavras lançadas ao ar venham a cair na terra na forma do Dicionário de Aurélio, do que crer que uma explosão deu origem ao universo.

Em segundo lugar, a mutação de espécies é um fato, a transmutação não. A teoria de que viemos de uma evolução de milhões e milhões de anos e que todos os seres vivos vieram de um ser unicelular e que somos descendentes dos primatas está não somente em desacordo com as Escrituras, mas também está na contramão do que a própria ciência até hoje verificou. Não temos nenhuma evidência da transmutação de espécies. Ou seja, um coelho jamais se transformará num leão nem um pé de laranja jamais será um abacateiro. Não há nenhuma evidência desse elo de transição. A verdade que permanece e que a ciência confirma é que tanto o mundo animal quanto o mundo vegetal se reproduz segundo a sua espécie (Gn 1.11, 12, 21, 24, 25, 28).

Autor: Hernandes Dias Lopes
Fonte: Palavra da Verdade 

Autor

* As opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores
e não refletem, necessariamente, a opinião do Gospel Prime.


Leia mais...

A apostasia no reino de Israel

A apostasia no reino de Israel

O Israel de Deus

O Israel de Deus

Semeando e colhendo com abundância

Semeando e colhendo com abundância

Sem merecer

Sem merecer


Comentários

Comentários

  1. Edson Vera Albuquerque

    Ótimo estudo!
    Exemplo de Fé.

  2. Evandro Caldeira

    Fé em Cristo Jesus é o que move um vencedor!

  3. Adoradores do Senhor

    <– galera curta minha pagina ? não custa nada né?